Associação Fortaleza Azul ingressa com Ação Coletiva contra a Unimed Fortaleza

Diante de tantas dificuldades relacionadas à prestação de serviços enfrentadas  pelos usuários da Unimed Fortaleza, a FAZ ingressou judicialmente contra o plano representando as famílias associadas.

Requeremos somente o que é de direito dos nossos filhos e filhas enquanto clientes do plano de saúde: tratamento especializado e contínuo. Assim, solicitamos:
– Credenciamento de novas clínicas e profissionais especializados nas terapias indicadas pelos médicos;
– Não limitação do número de sessões realizadas;
– Cobertura total de ABA;
– Acompanhamento domiciliar para casos onde haja necessidade;
– Credenciamento de clínicas e/ou profissionais que atendam autistas nas fases pré-adolescência, adolescência e adulta.
Dr. Jorge Frota, advogado que representa a FAZ na ação coletiva, afirma: “Os pedidos feitos pelas famílias da Associação Fortaleza Azul, possuem embasamento jurídico e jurisprudencial pertinente, e não há inovação jurídica no pleito, acredito pela total procedência da ação  pelo juízo competente, visto que o poder judiciário cearense encontra-se atento às diversas ilegalidades perpetradas pelos planos de saúde ao longo dos anos, principalmente no tocante às pessoas com deficiência, como são, por exemplo, o grupo classificados com transtorno do espectro autista -TEA”.
Já na próxima quarta-feira, dia 23 de maio, acontecerá a primeira audiência entre as partes no Fórum Clóvis Beviláqua,.

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!